Reforço muscular: e tu, sabes como evitar lesões?

Leia este artigo em: 2 mins
24.06.2022

A Isabel, tem uma vida atribulada, repleta de agitação e momentos de trabalho que a colocam, muitas vezes, em stress. Para além disso, passa algum tempo a trabalhar sentada – e já todos sabemos que estarmos sentados promove problemas musculares com consequente mal estar articular que todos devemos evitar.

Como nem sempre podemos fugir muitos destes efeitos negativos, o plano B passa por desenvolver algum trabalho que tente compensar ou atenuar alguns desses problemas e potenciais desequilíbrios musculares. E foi por isso que neste video, gravado no espaço Run4excellence, procurámos abordar alguns dos exercícios simples que a Isabel passou a fazer e que qualquer um de nós pode seguir como exemplo. Sem complicar e de modo a tornar tudo no nosso dia a dia mais fácil em termos musculares e claro, com consequências directas no nosso desempenho na corrida e prevenção de lesões.

Existe uma grande diversidade de exercícios que nos podem ajudar a obtermos mais rendimento e maior proteção de lesões dos nossos treinos. E para isso, não precisamos de complicar, nem de termos grandes meios ou estruturas físicas. O peso do nosso corpo é quase sempre mais do que suficiente para um trabalho seguro e de qualidade.

O video que vais poder ver, apresenta algumas opções que fazem parte do nosso trabalho regular com corredores independentemente do seu nível desportivo ou experiência. Claro que, se puderes, será melhor procurares algum conselho técnico sobre o que se enquadra melhor ao teu caso, para resolveres os teus problemas e obteres melhorias de forma individual.

Contudo, se passares a realizar alguns destes exercícios de forma regular, poderás sentir algumas melhorias na tua resistência muscular e na tua corrida. Experimenta, filma-te a fazeres para depois avaliares a execução técnica dos exercícios e passa a acreditar cada vez mais na importância de um trabalho muscular complementar à tua corrida.

Paulo Colaço

Docente na Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, Paulo Colaço tem também uma experiência de mais de 30 anos como treinador de atletismo em diferentes disciplinas do atletismo com um foco mais particular, nos últimos anos, na corridas de velocidade e de meio-fundo e fundo.

Ao longo dos últimos tempos acumulou igualmente diversas intervenções em diferentes desportos coletivos na área da condição física.