Sopa doce de lentilhas e beterraba, um snack saudável e nutritivo

Adoro uma boa sopa doce de beterraba e lentilhas! Se for feita com os ingredientes certos, uma sopa doce é um excelente snack saudável, que tanto pode ser tomado a meio da manhã, a meio da tarde ou ao final do dia. Pode ser perfeitamente saciante e nutritiva.
Leia este artigo em: 2 mins
07.05.2020

Quando preparamos sopas, devemos fazê-las sempre numa quantidade que dê para alguns dias, já que se podem guardar de forma segura no frigorífico e estão prontas a comer em poucos minutos. É só tirar, aquecer e já está. No caso da sopa doce de beterraba e lentilhas esta também pode ser consumida fria, sobretudo no verão.

Sopa doce de beterraba e lentilhas

Uma das que mais gosto de preparar, principalmente para os meus lanches, é esta sopa doce de beterraba e lentilhas, que publiquei no meu terceiro livro, “Eu sei como ser feliz”.

A beterraba, que é o ingrediente que dá cor a esta sopa, é um dos alimentos com mais ação anti-inflamatória que podem encontrar, além de ser diurética, digestiva, um desintoxicante natural e ajuda a purificar o sangue.

À beterraba, junto lentilhas, uma leguminosa rica em proteína e que pode ser utilizada para substituir alimentos de origem animal. É também rica em fibras, para regular o nosso intestino, zinco, que fortalece o sistema imunitário, e ferro, para evitar a anemia.

A receita é muito simples. Se quiserem fazer como eu e ter sempre em casa, dupliquem a receita para durar mais algum tempo.

Sopa Doce de Lentilhas e Beterraba

Ingredientes:

(para 2 pessoas)

— Meia chávena de lentilhas (ou 120 gramas), demolhadas durante 6 a 8 horas

— Quatro cenouras (ou 400 gramas)

— Duas beterrabas (ou 250 gramas)

— Uma cebola roxa pequena (70 gramas)

— 1,25 litros de água

— Sal q.b.

— Azeite q.b.

Preparação:

Cozer as lentilhas numa panela pequena durante 35 minutos. Escorrer e reservar.

Lavar, cortar os legumes e levá-los a cozer numa panela durante 50 minutos, juntamente com o sal.

Triturar a sopa com a varinha mágica, adicionar as lentilhas e regar com um fio de azeite. 

Eu, Isabel

A Isabel nasceu a 8 de maio de 1986 e é natural de Santa Maria de Lamas. Licenciou-se em Ciências da Comunicação, pela Universidade Nova de Lisboa, e fez uma pós-graduação em Cinema e Televisão pela Universidade Católica. Fez um curso de Rádio e Televisão no Cenjor e foi o seu trabalho como jornalista e produtora de conteúdos na Panavídeo que a levou para a televisão, em 2011. Durante 10 anos apresentou programas de entretenimento e, de forma intuitiva e natural, percebeu que aquilo que a move é a criação de conteúdos que inspirem, motivem e levem os outros a agir. Tem uma paixão enorme por comunicar e tudo o que comunica está intimamente ligado a uma vida natural carregada de energia, alegria e simplicidade.

É autora dos livros “O Meu Plano do Bem”, “A Comida que me Faz Brilhar”, “Eu sei como ser Feliz” e da coleção de livros infantis “Vamos fazer o Bem”.

Descobriu a paixão pela corrida em 2015, em particular pela distância da Maratona – 42.195m. Tem o desejo de completar a “World Marathon Majors” que inclui as 6 maiores Maratonas do Mundo. Já correu Londres, Boston, Nova Iorque e Berlim.

Esta vontade de gerar um impacto positivo nos outros levou-a a criar novas áreas de negócio, como um ginásio de eletroestimulação – o Efit Isabel Silva – uma marca de snacks saudáveis, a IncríBel e a VOA.

A 14 de Dezembro de 2016 lançou o blogue Iam Isabel e que hoje, numa versão mais madura, mas igualmente alegre e enérgica, é o canal DoBem.