mochilas

Sustentabilidade

Fjallraven. As mochilas que nascem a partir de 11 garrafas de plástico

A icónica mochila tem uma versão mais ecológica. Cada uma é feita com 11 garrafas de plástico.

São poucos os que lhe sabem pronunciar o nome, mas não há quem não goste do modelo destas mochilas que, tanto dá para a escola, como para levar o arsenal que um recém-nascido exige ou até para ir às compras.

Arriscamos dizer que as mochilas da Fjallraven são uma das peças do ano e, aproveitando a onda ecológica que também marcou 2018, a marca criou um modelo feito de garrafas de plástico.

Chama-se Re-Kanken e é uma edição limitada na qual toda a mochila é feita de poliéster reciclado, processo feito a partir da reutilização de garrafas de plástico. Cada mochila dá uma nova vida a 11 garrafas de plástico.

Além deste cuidado com a matéria prima, também a forma de dar cor à mochila é sustentável. A mochila é tingida através da tecnologia SpinDye, um processo que reduz drasticamente a quantidade de água, energia e produtos químicos utilizados.

A mochila é de 16 litros e, além de alças ajustáveis e bolsos laterais, tem uma bolsa interior, apta para o tablet ou computador, com proteção almofadada.

A mochila existe em onze cores e custa 99,95€. Pode comprá-la através do site oficial da marca sueca. Se quiser um modelo mais pequeno, existe a Re-Kånken Mini, pensada para crianças, que tem capacidade para 7 litros e está disponível em dez cores. Custa 89,95€ no site da Fjallraven.