tarte

Shopping

Tarte. A marca que vende um corretor vegan a cada 12 segundos chegou a Portugal

Os produtos são ricos em ingredientes naturais tais como o óleo de maracujá e a argila branca, ambos extraídos da floresta Amazónia.

Maureen Kelly tinha 28 anos quando, em 1999, decidiu deixar os estudos na área da psicologia para se dedicar à sua grande paixão: a maquilhagem. Como contou à “Teen Vogue” em 2008, na altura, os pais não adoraram a ideia, mas 20 anos depois do primeiro produto, um blush, ter sido posto à venda num armazém americano, a Tarte é uma das marcas de beleza mais vendidas nos Estados Unidos, e acaba de chegar às lojas Sephora em Portugal. 

Para comemorar o lançamento, a fundadora da marca juntou várias jornalistas e influenciadoras digitais numa chamada de Zoom onde revelou um pouco da história da Tarte e falou sobre alguns dos produtos que estão desde esta quinta-feira, 24 de setembro, à venda através do site da Sephora. No início da chamada, confessou que preferia ter vindo a Portugal para ter oportunidade de estar fisicamente com todas aquelas pessoas e comer marisco.

“Vocês tem marisco ótimo”, brincou no início da conversa, revelando que até tinha planeado fazer a viagem com algumas amigas, mas que a pandemia da COVID-19 e o crescente número de infeções nos Estados Unidos e na Europa lhe trocaram os planos. 

Os ingredientes naturais estão presentes em todos os produtos da Tarte

A Tarte nasce de uma necessidade de Maureen, uma amante de maquilhagem, que sempre teve dificuldade em encontrar produtos que, além de terem qualidade, fossem benéficos para a pele e para o meio ambiente. “A pele é o nosso maior orgão, absorve todo o que lhe pomos, e eu queria algo que fosse bom para ela, mas que também tivesse a performance que procurava”, explicou. O nome, explica, vem da vontade de querer algo que fosse “como que um doce para a pele, e uma tarte é isso mesmo, um doce.”

Assim, criou uma marca com produtos à base de ingredientes naturais e cujas fórmulas não contém quaisquer químicos nocivos para a pele. Mas para o conseguir, teve de passar por vários testes para perceber se, afinal, aqueles ingredientes que estava a usar eram mesmo capazes de corresponder às suas expectativas. O primeiro produto a ser lançado foi um blush, feito com argila branca extraída da Amazónia, que descobriu quando fez uma viagem à floresta tropical. 

O produto ainda faz parte da gama da marca e está disponível em nove tons. Além de dar cor ao rosto, ajuda a equilibrar a oleosidade e a absorver os óleos naturalmente presentes, o que faz com que os produtos não acumulem tanto na pele e se mantenham mais tempo intactos. Com o passar dos anos, a argila branca foi entrando na composição de vários outros produtos da marca, como é o caso das sombras de olhos ou das bases.

Além da argila branca da Amazónia, um dos ingredientes principais dos produtos da Tarte é o óleo de maracujá, que também chega diretamente da floresta Amazónia. Ao contrário do que acontece com a argila, explica Maureen Kelly, este óleo só pode ser extraído duas vezes por ano. É apanhado à mão por uma corporativa de mulheres à qual a Tarte se uniu e que dá oportunidades de trabalho e apoio a todas as que com ela colaboram. O processo de extração, diz a CEO da Tarte, é feito a partir das sementes que, geralmente, são descartadas, e é feito a frio, para garantir que a Vitamina C e os ácidos gordos, naturalmente presentes no óleo, se mantém intactos.

O óleo de maracujá pode ser usado para aplicar no rosto, no corpo ou até mesmo no cabelo e não é oleoso, por isso, pode ser usado por todos os tipos de pele, inclusive as mais oleosas, deixando-a luminosa e hidratada. Além disso, foi também infundido em alguns produtos como é o caso do corretor Crealess (28,50€), que ajuda a iluminar a zona da olheira e a garantir que o produto não acumula nas linhas de expressão. 

A gama de produtos da Tarte, além de ser rica em ingredientes naturais e formulada sem químicos nocivos para a pele, é composta por 85% de produtos vegan. É também totalmente cruelty free, o que significa que nenhum dos seus produtos é testado em animais.

A marca líder em corretores de olheiras nos Estados Unidos

Apesar de o primeiro produto a ser vendido pela Tarte ter sido um blush, a marca é hoje conhecida pelos seus corretores, especialmente pelo Shape Tape. Lançado pela primeira vez em 2016, é vendido um tubo a cada 12 segundos, e tudo graças à sua fórmula vegan, hipoalergénica e rica em ingredientes que ajudam a iluminar e hidratar a zona da olheira, como é o caso do óleo de semente de manga. Além disso, o corretor também pode ser usado em todo o rosto para corrigir imperfeições. 

O corretor Shape Tape está disponível em 20 tons e a sua popularidade cresceu de tal forma que a família Shape Tape aumentou com o lançamento da base Face Tape, rica em extrato Snow mushroom, um ingrediente que ajuda a iluminar e hidratar e que é semelhante ao ácido hialurónico. “As partículas são mais pequenas do que as do ácido hialurónico e, por isso, penetram melhor na pele”, explica Maureen Kelly. 

A marca está à venda na loja online da Sephora Portugal e estará disponível nas lojas físicas a partir do dia 1 de outubro. Na galeria, conheça alguns dos produtos disponíveis, inclusive alguns dos best sellers.