evitar a ressaca

Saúde

15 truques para evitar a ressaca no primeiro dia do ano

Beber e fumar? Esqueça, é a receita certa para o desastre. E os shots são os seus piores inimigos. Se quer evitar começar o ano com mau estar, estes são os truques a por em prática.

E essa noite de Passagem de Ano? Vai ser animada, não é? Queremos todos dar assim um valente “xô” a 2020 e receber 2021 em grande, mesmo que a noite tenha de ser passada em casa. E se abriu este artigo, é porque já sabe que vai ser difícil evitar a ressaca que vai ter no dia seguinte. Não vamos julgar, sabemos que este ano foi complicado para a maioria das pessoas, e padecer de uma ressaca vai ser, provavelmente, o menor dos seus problemas. Afinal, há todo um ano pela frente para se redimir dos estragos que fez nessa noite.

Uma das primeiras coisas que vai fazer é, provavelmente, desejar nunca ter bebido aquele último (ou será que devemos dizer últimos?) copo ao fim da noite. A história é sempre a mesma. “Foi aquela última cerveja que estragou tudo”, certo? Depois disso, vai começar o ano a mentir a si próprio ao tentar convencer-se de que nunca mais vai beber, promessa que provavelmente vai conseguir cumprir durante os primeiros 15 dias do ano. Para completar o ciclo, vai começar a sentir uma vontade completamente inexplicável de comer fast food, de beber café ou de fumar. Esqueça qualquer uma destas opções, nenhuma delas vai ajudar a evitar a ressaca.

Por esta altura, e enquanto faz a lista de compras de tudo o que vai ter de comprar para celebrar a última noite do ano, é possível que já esteja a querer antecipar este cenário e a tentar arranjar estratégias para evitar a ressaca. A mais óbvia? Não beber, até porque não existe propriamente uma cura milagrosa, nem mesmo aquelas mezinhas caseiras que, geralmente, são tudo menos apetecíveis. Mas temos boas notícias: existem algumas coisas que pode fazer para ajudar a evitar o mau estar.

É todo um processo que passa por quatro fases: antes de beber, enquanto bebe, antes de dormir e na manhã seguinte. Parece complexo, mas se cumprir todos estes 15 truques para evitar a ressaca à risca, o mais provável é que consiga levantar-se da cama e aproveitar um brunch na primeira manhã do ano.

Antes de beber

1. Fique cheio… mas mesmo cheio

Ninguém gosta de celebrar com a barriga cheia, e sabemos que comer demasiado pode ser contraproducente na grande maioria dos casos, mas segundo explica à “Cosmopolitan” Robert Swift, do centro de estudos sobre alcoolismo e vícios da Universidade de Brown, nos Estados Unidos, ao beber álcool de estômago vazio “o álcool passa logo para os intestinos e é absorvido para a corrente sanguínea muito mais depressa.”

Quer isto dizer que, para começar, há que comer, e comer bem, para não se embebedar mais depressa e para evitar a ressaca no dia seguinte. Além disso, um estudo da publicado no Journal of Clinical Medicine em 2019 conclui que alimentos como os cogumelos, os grãos integrais ou o abacate, que contém zinco e ácido nicotínico, dois nutrientes que podem reduzir os efeitos da ressaca.

2. Faça um bom treino

Pergunte aquele amigo que bebe sempre demasiado nas festas porque é que o faz. O mais provável é que lhe responda que é porque precisa de se distrair e se quer divertir. E se assim o é, a melhor opção para evitar a ressaca é arranjar uma outra forma de se distrair como, por exemplo, fazendo um bom treino, onde vai libertar hormonas como as endorfinas, as hormonas do prazer e da felicidade.

3. Escolha a companhia certa

Não adianta evitar esta questão. Todos sabemos que a companhia que escolhemos para beber tem uma influência naquilo que acabamos por consumir. Quantas vezes já achámos que era o suficiente mas havia sempre alguém a pedir mais uma rodada, e mais uma, e mais uma? Pode parecer um cliché, mas antes de começar a beber, perceba exatamente quem são as pessoas que o vão acompanhar e se elas realmente conhecem os seus limites.

4. Evite os açúcares

Somos apologista de evitar sempre o consumo de açúcar, porque sabemos exatamente os efeitos que o seu consumo pode te ano nosso corpo. Contudo, quando bebemos, o açúcar é, definitivamente, algo que queremos evitar. Isto porque o álcool causa inflamação no nosso organismo e, por isso, devemos evitar a todo o custo outros elementos que também causem inflamação, entre eles, os açúcares.

Enquanto estiver a beber

5. Intercale as bebidas com água ou cocktails sem álcool

Se é daquelas pessoas que tende a beber rápido, o melhor é tentar ir intercalando as bebidas com cocktails sem álcool ou até mesmo com uma água. Esta será a melhor forma de contrariar uma bebedeira e até de evitar uma ressaca, já que vai estar a dar tempo ao corpo de processar todo o álcool que ingeriu antes.

6. Beba cervejas, vinho e cocktails, mas evite os shots

Quer mesmo evitar a ressaca? Então escolha bebidas com um volume de álcool mais baixo. Cerveja, copos de vinho, cocktails — tendo em atenção os ingredientes de cada um —, são sempre uma melhor opção do que um shot. Além de estar a ingerir menos álcool, vai também beber mais devagar, o que não acontece quando há shots envolvidos.

7. Intercale bebidas energéticas

Nunca pensou que esta poderia ser uma solução para evitar a ressaca, certo? A realidade é que as bebidas energéticas foram pensadas para reporem rapidamente os níveis de eletrólitos e de hidratação durante o desporto, algo que também acontece quando bebemos álcool. Por isso, mantenha algumas por perto se quiser acordar sem uma valente dor de cabeça na primeira manhã do ano, e vá bebendo ao longo da noite.

8. Esqueça os cigarros

Sabemos que em festas é natural que, além de beber mais, também fume mais cigarros do que aqueles que devia. No entanto, um estudo publicado no Journal of Studies on Alcohol and Drugs concluiu que fumar aumentava a probabilidade e a intensidade da ressaca. O melhor será esconder o maço de tabaco ou até mesmo evitar fumar durante essa noite.

9. Opte por bebidas brancas

Vodka, gin ou rum são boas opções caso esteja a tentar evitar uma ressaca. Isto porque, tal como explica a nutricionista Jennifer Maeng à “Cosmopolitan“, estas bebidas têm menos congéneres, os compostos responsáveis por conferir cor e sabor às bebidas alcoólicas, e que alguns especialistas garantem estar associados à ressaca.

Antes de dormir

10. Não beba demasiada água

Sabemos que a maioria das ressacas acontece quando se bebe demasiado álcool e não se hidrata o corpo convenientemente. Contudo, não beba demasiada água. Pode ser tentador chegar a casa e tentar beber uma garrafa de quase um litro de uma vez, mas isto pode ter o efeito adverso ao provocar, por exemplo, uma paragem digestiva. Além disso, vai obrigar a que se levante várias vezes durante a noite para ir à casa de banho.

Quando chegar a casa e antes de dormir, opte por beber apenas um copo com água e, se precisar, leve um consigo para a mesa de cabeceira e beba a meio da noite para evitar a sensação de boca seca.

11. Use uma máscara para os olhos

Parece uma dica absurda, certo? E sabemos que a falta de sono não provoca ressacas, mas pode piorar os efeitos delas, tal como garante um estudo de 2010 publicado na Current Drug Abuse Reviews.

Além disso, e de acordo com uma investigação publicada no Alcoholism: Clinical & Experimental Research, o álcool perturba o segundo ciclo do sono, que pode acontecer quando o sol está a nascer, caso vá dormir bastante tarde. Se quiser evitar que a luz do sol lhe bata no rosto de manhã e acordar, o melhor será colocar uma máscara de olhos.

Na manhã seguinte

12. Tome um bom pequeno-almoço

Mais um cliché, mas este, tem um twist, porque existe uma receita secreta para o pequeno-almoço numa manhã que se espera de ressaca. Omelete com espinafres e um sumo de laranja. Isto porque os ovos são ricos em N-Acetil L-Cisteína (NAC), um componente que ajuda o metabolismo a processar o álcool e a destruir o acetaldeído, isto é, o etanol metabolizado, enquanto que os espinafres têm Ácido Alfa Lipoico (ALA), que ajuda o álcool a mover-se pelo corpo. Por outro lado, o sumo de laranja é rico em Vitamina B1, o que ajuda a clarificar a mente.

13. Faça uma sessão de meditação

É natural que acorde a sentir-se mal depois de uma noite de festa em que bebeu mais uns copos do que devia. E essa sensação pode alastrar-se também à mente, fazendo com que se sinta mais enervado ou ansioso. Uma das melhores formas de contrariar estas sensações é através da meditação. Faça algumas respirações profundas ou, se preferir, utilize uma aplicação que ajude a meditar.

14. Beba Sprite

Geralmente, não somos a favor do consumo deste tipo de bebidas, mas há momentos que o pedem, e, neste caso, a Sprite será um mal necessário. Isto porque segundo um grupo de investigadores da Universidade de Sun Yat-Sen, na China — que analisaram 57 bebidas —, a Xue Bi, a versão chinesa da Sprite, é a melhor bebida para combater os efeitos nefastos do álcool no dia que procede a festa. Em causa está uma enzima que quebra o acetaldeído , o grande responsável pela maioria dos sintomas do dia da ressaca.

15. Evite os chás

No mesmo estudo, os investigadores chineses concluíram ainda que os chás de ervas, que muitos consideravam ser uma boa opção para a ressaca, têm, na verdade, o efeito contrário. As ervas presentes em grande parte destes chás fazem com que o corpo processo o álcool mais devagar, logo, prolongando a ressaca.