Saúde

Porque é que devemos beber café antes de treinar?

Pingado, cheio, curto, em chávena fria ou descafeinado. O café pode ter vários efeitos, sobretudo se o beber antes de ir treinar.

Se é daquelas pessoas que gosta de fazer exercício físico pela manhã, certamente que já tem uma rotina estabelecida. Acordar, vestir o equipamento para treinar, tomar — ou não — o pequeno-almoço e, por fim, beber um café. Mas será que sabemos quanto café devemos beber antes de ir treinar ou que efeitos pode ter? Beber café é um hábito diário para alguns, seja por gostarem do seu sabor ou apenas por precisarem de um pico de energia para acordarem e enfrentarem o resto do dia.

Na verdade, segundo Michael Lee, médico de família e diretor clínico da One Medical, citado pela revista “Bustle”, a “cafeína age como estimulante do sistema nervoso central, por isso, quando atinge o cérebro, as pessoas que a ingerem, geralmente, vão-se sentir mais acordadas”. Isto acontece porque a cafeína bloqueia o efeito do neurotransmissor chamado de adenosina, uma substância que o corpo cria ao longo do dia e que o ajuda a ganhar cansaço para depois dormir.

Esta ingestão de cafeína pode ser produtiva para certos tipos de exercício físico. Um estudo de 2019, publicado na revista científica “British Journal of Sports Medicine” prova que a cafeína pode ser benéfica para quem pratica exercícios aeróbicos como caminhadas, aulas de cycling ou até natação, isto é, exercícios onde o oxigénio estimula o funcionamento do sistema cardiorrespiratório e vascular.

Como explica o especialista, os estudos existentes falam de grandes quantidades de cafeína, o que significa que ainda falta perceber o efeito da cafeína em doses mais pequenas.

Mas afinal devemos beber café antes de treinar? E, se sim, quanto?

Segundo Vivek Cherian, médico de medicina interna citado pela revista “Bustle”, beber muito café pode causar alguns efeitos secundário como tremores, ansiedade ou aumentar os batimentos cardíacos. É por isso que seis chávenas de café por dia podem ser consideradas demais para uma pessoa que beba esta bebida regularmente.

Segundo a Food and Drug Administration (FDA) a recomendação é de 400 miligramas de cafeína por dia, o que corresponde a cerca de quatro ou cinco chávenas, dependendo do tamanho. Porém, devemos sempre ter em conta a quantidade de cafeína que ingerimos.

“Se consome café diariamente ou bebidas com cafeína, o seu corpo pode ganhar tolerância à cafeína. E quanto mais tolerância tiver, menor vai ser o impacto do café para o treino”, acrescenta o especialista. Ou seja, o café que ingere antes de ir treinar depende da sua rotina matinal, nunca se esquecendo, claro, de beber bastante água, antes e depois do treino.

O ideal, segundo o especialista, é beber cerca de 150 miligramas de cafeína uma hora antes de ir treinar. De qualquer forma, deve ter especial atenção em como a ingestão de cafeína afeta, ou não, o seu corpo para que se sinta bem durante o treino.