Lifestyle

O segredo para aliviar as dores nas costas está neste vídeo do Tik Tok

O especialista dedica a sua conta de Tik Tok a vídeos com dicas para evitar dores no corpo. Jordan já soma mais de 800 mil seguidores.

“Savage”, de Megan Thee Stallion, tornou-se viral na rede social Tik Tok através de um simples esquema de dança, que não só dá ritmo ao corpo como o alivia de dores incómodas. Como? É isso mesmo que um quiroprático (especialista que usa como método de tratamento de certas doenças manipulações das vértebras ou de outras partes do corpo) demonstrou num vídeo.

Jordan Estrada, que soma já 832.3 mil seguidores no Tik Tok, só precisou de lançar a pergunta “doem-te as costas” para que o sucesso se tornasse real (o que indica que muitas pessoas sofrem do mesmo problema).

“Um dia deu-me o clique. Estava a ouvir remixes de ‘Savage’ e pensei ‘porque não faço eu próprio um? Podia combinar a minha paixão por produzir música e fazer algo informativo'”, contou ao site “Insider“.

E assim foi. Jordan mostra, ao ritmo da música, cinco passos para aliar as dores nas costas:

  1. Sente-se direito;
  2. Cruze uma perna;
  3. Tente trazer o peito ao tornozelo;
  4. Aguente durante 30 segundos;
  5. Relaxe e repita para o outro lado.

Estes passos simples, que podiam ser recomendados por qualquer médico, tornaram-se mais apelativos pela forma divertida como o especialista os coreografou.

O vídeo foi tão cativante que juntou até mais de 10 mil gostos, sucesso que Jordan não esperava, mas reconhece que pode ser uma mais valia.

“Esses remixes podem motivar as pessoas a fazer o alongamento ao ficar com a música na cabeça. Isso ajuda as pessoas a ter cuidado com o corpo”, disse.

A partir daqui, Jordan Estrada não parou. Na sua rede social continua a partilhar vários vídeos com estratégias de como melhorar a postura corporal, desde dicas para melhorar as dores no pescoço, passando por conselhos para grávidas, até às técnicas para alivar dores de ombros.

A dedicação à plataforma tem sido tanta que Jordan passa cerca de 10 horas no Tik Tok à procura dos mais recentes fenómenos musicais para transformar em dicas médicas.

“O meu cérebro agora funciona num comprimento de onda no qual estou sempre a pensar nas letras e em como posso torná-las um remix”, disse Jordan, que entretanto começou a estabelecer colaborações com colegas da área e até músicos, incluindo rappers.