meditar

Lifestyle

7 aplicações para quem quer começar a meditar

A prática é milenar e são vários os estudos que comprovam os seus benefícios, mas nem sempre é fácil começar a meditar sem orientação.

Acordamos em sobressalto com o som do despertador, carregamos no botão de snooze até não ser possível adiar mais o momento de nos arrastarmos da cama. A azáfama do trânsito ou dos transportes é interminável, as reuniões não têm fim e aquele relatório que tinha de ser entregue às 18 horas chegou ao e-mail do chef às 17h59. Depois do trabalho ainda há tempo para fazer um treino no ginásio, sempre com o que vai preparar para o jantar na cabeça e, ao fim do dia, nem a televisão parece ser suficiente para desligar o cérebro e meditar antes de dormir. Está tudo bem. No dia seguinte o processo repete-se, qual “Groundhog Day“.

Há dias, como o que descrevemos acima, que conseguem ser tão cansativos que nos deixam arrasados e, muitas vezes, tão ansiosos que nem o cansaço nos faz conseguir adormecer à noite. Se tem momentos como estes, talvez seja sinal de que está na hora de parar para respirar e esquecer o mundo, nem que seja durante alguns minutos. Para isso, nada melhor do que a meditação.

Muito já se escreveu sobre os benefícios de praticar meditação e há inclusive um estudo da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, que comprova que os praticantes de meditação de 50 anos podem ter o cérebro semelhante ao de uma pessoa com metade da sua idade. Além disso, sabe-se também que meditar, reduz os níveis de stress, o que ajuda o organismo a combater algumas doenças do sistema nervoso, mas também problemas cardiovasculares, alergias, asma, dores musculares e até mesmo doenças de pele.

Uma das grandes vantagens da meditação é o facto de se poder praticar em qualquer lugar, sem precisar de equipamento específico. Mas a realidade é que nem sempre é fácil começar, até porque esta é uma prática que requer alguma concentração e predisposição para o fazer. Claro que qualquer pessoa se pode sentar, de costas direitas, inspirar e expirar, mas será que está mesmo a meditar, que está realmente presente com os pensamentos e a conectar-se com eles?

Felizmente, e para quem nunca meditou, existem aplicações que podem ajudar a começar a entrar neste universo. São quase todas gratuitas, embora em alguns casos possa encontrar restrições nas funcionalidades. Mostramos-lhe sete das que pode começar a usar caso queira entrar neste universo e desligar o cérebro durante alguns minutos ao final do dia.