viver durante mais tempo

Exercício

Quer viver durante mais tempo? Este é o tipo de treino que deve fazer

Um treino de alta intensidade pode trazer mais anos de vida, mas até o ioga ou pilates podem fazer a diferença. Revelamos alguns planos de treino para viver mais.

Os treinos de alta intensidade tem a capacidade de nos deixar desgastados, mas também de nos deixar com a sensação de que ganhámos anos de vida. E se lhe dissermos que essa sensação corresponde mesmo à realidade e que é possível viver durante mais tempo graças ao treino? Pelo menos, é o que sugerem os investigadores de um novo estudo britânico lançado pela revista cientifica “Nature“.

Depois de analisadas 100 pessoas com uma média de 62 anos, sendo 56% mulheres, os resultados foram motivadores: os indivíduos que gastavam mais energia nos treinos tendiam a ter taxas de mortalidade mais reduzidas, o que significa que este tipo de treino promove uma vida mais longa e, também por isso, mais saudável.

“Os resultados mostraram que fazer mais exercício de qualquer intensidade é benéfico, mas que gastar mais calorias numa atividade mais intensa é ainda melhor”, revelou Tessa Strain, que esteve à frente do novo estudo, ao Conselho de Investigação Médica do Reino Unido.

Contudo, apesar de falarmos em treinos intensos, não tem de abandonar já o ioga ou o pilates. É que também estas atividades, normalmente conotadas como mais leves, podem trazer benefícios a longo prazo. isto porque, segundo a investigação, o simples facto de realizar estes desportos com regularidade tem um efeito cumulativo, ou seja, quanto mais as praticar, mais benefícios vai tirar do exercício e, também assim, reduzir o risco de mortalidade.

Até pode já ter motivação — basta falarmos em formas de ganhar mais anos de vida e todos os ouvidos ficam alerta —, mas se não sabe como pôr em prática treinos de alta intensidade, deixamos-lhe algumas dicas.

Pode fazê-los em qualquer lado, tal e qual como na quarentena em que transformou a sala de casa numa sala de aulas semelhante à do ginásio onde andava, bem como a qualquer hora, porque não precisa mais de 10 minutos.

Sim, mesmo que tenha apenas 10 minutos é possível fazer um treino de alta intensidade. Se for praticado todos os dias, ainda melhor. Basta fazer dele uma prioridade no seu dia, quase como lavar os dentes ou tomar o pequeno-almoço. Assim, é quase certo que não vai falhar um treino.

Este circuito de 10 minutos consiste em exercícios de skipping, agachamentos completos, flexões de braços, prancha, e lunges alternados. O plano é dugerido feito pelo treinador de corrida dos Run4Excellence, Paulo Colaço. Parece fácil, mas é mais complicado do que imagina.

Outra das sugestões é um treino de 15 minutos para trabalhar todas as zonas do corpo: desde os abdominais, até aos gémeos. Apesar dos objetivos de cada exercício para trabalhar determinadas zonas do corpo, o treino em si está focado num só sentido: aumentar o ritmo cardíaco. A sugestão de treino é de Ash Wilking, personal trainer da Nike.