transformar o corpo

Exercício

3 conselhos do personal trainer de Adele para conseguir transformar o corpo

Apareceu irreconhecível, com menos 20 quilos, numa fotografia publicada no Instagram. Pete Geracimo trabalhou com a cantora até 2016 e revela o essencial para conseguir bons resultados.

DOBEM.
leia este artigo em: 4 mins

Enquanto com o confinamento muita gente acabou por transformar o corpo ao engordar, Adele rumou em sentido contrário. A 5 de maio de 2020, a Internet parou: no seu dia de anos, a cantora regressou ao Instagram — depois de meses sem qualquer tipo de atividade — para se mostrar irreconhecível, com menos 20 quilos. Na parte da dieta, o segredo terá sido uma dieta Sirt.

Várias celebridades elogiaram a cantora na caixa de comentários: “Quer dizer, só podes estar a gozar”, escrever Chrissy Teigen. “Estás linda”, escreveu Rita Wilson. Mas, claro, houve também que se manifestasse contra a perda de peso, alegando que terá sido demasiado radical.

É aí que entra Pete Geracimo, 48 anos, personal trainer de Adele ao longo de quatro anos, aquele que a acompanhou nos seus primeiros tempos da jornada de perda de peso e a ajudou a transformar o corpo, quando se mudou para Los Angeles.

O especialista, que descreveu a agenda da celebridade como muito complicada, defendeu a sua antiga aluna num longo post de Instagram, dizendo que ver tanta negatividade era “desanimador”, lembrando que “ninguém deve ser criticado por atingir os seus objetivos.”

À “Insider”, explicou os três pilares fundamentais para se emagrecer e transformar o corpo de forma sólida e segura.

Antes das dicas concretas, Gracimo não quis deixar de referir o mindset necessário para levar para a frente, de forma consistente, um processo de transformação. Neste ponto, curiosamente, refere de imediato o facto de ser crucial não apressar o processo. “O meu conselho principal para quem quer fazer mudanças saudáveis é o comprometimento total com todo o processo e, por cima disso, muita paciência“, disse à revista. “Os resultados rápidos tendem a ser fugazes. Lentos e graduais tendem a durar mais tempo.”

Em simultâneo, o PT simplifica as mudanças de visual como a de Adele e diz que “não são realmente tão complicadas”. O que é preciso é “acreditar que se consegue fazê-lo”, mantendo “consistência nas acções e disciplina na rotina.”

Sobre as três regras de ouro, não são grande surpresa:

  • Um plano alimentar equilibrado e inclusivo;
  • Exercício físico regular, que aumente a frequência cardíaca e nos faça ir para fora da zona de conforto;
  • Um sono adequado, que permita ao corpo recuperar e descansar, assim como a mente.

É possível transformar o corpo

Para Peter Gracimo, comer bem e treinar não tem de ser uma dor de cabeça. Estas acções de selfcare devem, aliás, representar o contrário. “Em última análise, o exercício deve melhorar e complementar a nossas vidas diárias, facilitando tarefas do dia-a-dia.”

Mas há que adaptar. “Acredito que a selecção de exercícios deve adaptar-se a cada pessoa e não o contrário. Não faz sentido forçar alguém a fazer alguma coisa se isso não trouxer alegria — isso é tortura.”

No treino, diz Graciamo, deve haver uma componente divertida, capaz de motivar, dar alento, trazer alegria. “Promovo treinos e planos de nutrição realistas.”

“Não defendo atalhos ou correcções rápidas, estou no ramo dos resultados duradouros.” Na parte da comida, não recomenda suplementos, comprimidos, “pós ou poções”: “Prefiro comida de verdade e um estilo de vida saudável e variado. É mais fácil do que se pensa.”