tremoço

Alimentação

Tremoço. A leguminosa saudável que pode comer mesmo em dieta (e que reduz o apetite)

É verdade que tem de esquecer a imperial e o sal, mas não tem de privar de comer tremoços, mesmo se está a tentar perder peso.

Quando pensamos em tremoços, surge-nos de imediato a imagem de uma imperial bem fresquinha e finais de tarde de verão. Mas se a cerveja é um grande inimigo da dieta, o mesmo não se pode dizer do tremoço, uma das leguminosas mais completas. Sim, o tremoço é uma leguminosa. Já agora, também o amendoim. Mind-blowing.

“O tremoço é uma leguminosa muito interessante, tal como o grão, o feijão ou as lentilhas, com propriedades igualmente interessantes”, diz a nutricionista Bárbara Oliveira à dobem.. A especialista explica que “o tremoço tem um conteúdo calórico muito baixo e um valor energético reduzido de 116 quilocalorias por 100 gramas”, o que o torna um snack muito saudável para quem quer perder peso — até porque lhe tira a fome rapidamente.

Tal como salienta Bárbara Oliveira, “o tremoço tem muita fibra, é um alimento saciante e ajuda na redução do apetite”. Mas se acha que esta leguminosa só é boa para lanches, está muito enganado. “Tem cerca de 16 gramas de proteína por 100 gramas, o que faz com que seja um ótimo substituto de proteína de origem animal”, diz a nutricionista, que salienta que se pode triturar para obter uma pasta de tremoço, ou usar a leguminosa para fazer hambúrgueres de tremoço com grão ou vegetais.

Para além disso, este alimento, devido à elevada presença de fibra, tem “um papel na regulação do colesterol e do açúcar no sangue”. Mais: ajuda a regular e a proteger a flora intestinal.

Mas porque nem tudo é perfeito, o tremoço também tem o seu lado negativo: falamos da elevada quantidade de sal deste alimento, embora exista uma forma muito simples de dar a volta à questão. “Antes de consumir os tremoços, lave-os muito bem e deixe a demolhar para o sal sair todo”, sugere Bárbara Oliveira.