Alimentação

Provámos as barras da marca IncríBel da Isabel Silva. E não conseguimos escolher uma para levar para uma ilha deserta

São quatro barras funcionais pensadas para diferentes momentos do dia. São também bio, vegan, sem glúten e sem qualquer tipo de açúcar adicionado.

DOBEM.
leia este artigo em: 11 mins

Se há coisa que sabemos sobre a nossa Isabel Silva é que ela não é capaz de estar quieta. Num dia está a lançar uma coleção de roupa com a Aly John, no dia seguinte já está com o turbo ligado para preparar o lançamento de quatro barras IncríBeis. Podia ser só uma expressão dela, mas não, as barras chamam-se mesmo IncríBel, e já nos chegaram todas à redação da dobem., por isso, temos coisas a dizer. 

Antes de chegarmos a isso, importa saber que existem quatro variedades de barras na marca IncríBel, cada uma com o seu propósito. A saber:

Erva Trigo e Café

A barra que vai ajudar a “abrir a pestana”. É feita com café, mas também com erva trigo e pedaços de caju torrado que se sentem a cada trinca. 

Amendoim Salgado

A barra “para rijos”, a mais rica em proteína de todas, porque contém proteína de arroz na lista de ingredientes. É aquela barra para antes ou depois do treino que tem a gordura boa do amendoim aliada ao doce da tâmara e ao salgado do sal, que lhe dá um único. 

Limão e Quinoa Crocante

Esta é “amor à primeira trinca”, especialmente para quem gosta de citrinos. Tem óleo de limão natural, que é feito mesmo a partir da casca e da polpa do limão, completamente natural, sem qualquer tipo de sabor artificial. A quinoa crocante dá-lhe uma textura diferente, porque a conseguimos sentir a cada trinca. 

Cacau e Quinoa Crocante

Esta é para satisfazer o nosso “maior desejo”, para aqueles momentos de gula em que nos apetece mesmo um doce, mas não queremos quebrar na dieta e comer qualquer coisa cheia de açúcar ou altamente processada. É nestas situações que entra a barra de Quinoa Crocante e Cacau, que tem cacau, quinoa crocante e pasta de tâmara, para lhe dar um sabor bem doce. É como se fosse um chocolate, mas sem culpa. 

Todas as barras foram desenvolvidas em Portugal, desde o conceito, às receitas, ao design do site e da página de Instagram, até à própria produção. Têm, no máximo, cinco  ingredientes, sendo que a tâmara é o ingrediente principal e o que acaba por unir todas as barras. A tâmara é um fruto doce, por isso, acaba também por ter dupla função de adoçante natural, o que faz destas incríBeis barras um produto saudável e, acima de tudo, nutritivo. 

Aqui na redação da dobem. Já provámos todas as barras, e temos coisas a dizer sobre cada uma. Desde a textura ao sabor, sem esquecer outro dos elementos fundamentais: o cheiro. Sim, porque comer uma barra IncríBel é toda uma experiência. Isto é o que temos a dizer sobre cada uma.

“A minha barra preferida é, sem dúvida, a de Quinoa e Cacau, por causa da textura. Sou uma pessoa muito apegada a texturas, e a quinoa é crocante. Além disso, sou fanática por doces, e este posso comer sem me sentir culpada, até porque só é adoçado com tâmara, que também adoro. Também adoro a de Amendoim Salgado, apesar de não ter a textura de que mais gosto. 

A que tem a melhor textura é mesmo a de Erva Trigo e Café, embora mais goste muito do sabor. Sabe-me mesmo a erva trigo e é um sabor de que não gosto. Já a de limão, prefiro o sabor doce ao cítrico nas barras, por isso é aquela que fica ali no meio para mim.”

— Rebeca Gasperini

“Era fundamental termos uma alternativa no mercado que pudesse ser saudável, simples, funcional e, importante para cada vez mais gente, vegana. E as barras IncríBel são isso tudo. É muito frustrante quando estou fora de casa e não levo comida comigo. Em qualquer sítio onde entro só encontro comida com proteína animal, excesso de açúcar, com demasiado teor de sal, pouco saudável. Penso que estas barras permitem uma solução de confiança para vários momentos do dia.

Não tenho uma barra preferida. Gosto de todas. Tenho sim as minhas preferidas consoante os momentos do dia. Adoro a de erva trigo, por exemplo, para comer a meio da manhã. O sabor é fresco e percebe-se que o que estamos a comer é efetivamente comida do bem, sem açúcares, sem químicos. Adoro a de cacau e quinoa para depois do almoço, tipo sobremesa, mas sem o excesso de calorias e açúcares da sobremesa. Sabe efetivamente a chocolate, tipo chocolate trufado. A de amendoim é muito boa para quando tive um dia em que ingeri menos proteína. Para os veganos e vegetarianos, sobretudo para os que fazem mais desporto, é importante garantir níveis adequados de proteína, sem que isso implique mais açúcares. A de limão é aquela que tem um sabor mais intenso e fresco. Acho que nesta altura de verão é um snack perfeito para qualquer altura, sinceramente.”

— Ricardo Martins Pereira 

“Se fosse para uma ilha deserta e só conseguisse levar duas coisas, uma delas seria, sem dúvida, a IncríBel de Amendoim Salgado. Tem o sabor de que mais gosto, porque adoro a combinação do doce com o salgado. Se tivesse de mudar alguma coisa, mudava a textura, mas resolve-se facilmente se a colocar umas horas no frigorífico, fica logo mais consistente. 

Falando de texturas, aquela de que mais gostei foi a de cacau com quinoa crocante. Gosto da parte dos pedacinhos da quinoa que posso trincar. Também gostei do sabor da de limão e quinoa crocante, mas acho o sabor cítrico um pouco intenso, o que acaba por anular um pouco os outros elementos. Mas naqueles dias em que bater assim uma gula a meio da tarde, vou comer a de Erva Trigo e Café. Tem a quantidade ideal de doce e dá para nos mantermos saciados durante algumas horas.”

— Hugo Nogueira

“Sou uma pessoa que sofre com fome emocional e que a meio da tarde está a dizer que lhe apetece trincar alguma coisa. E se antes ia direita ao frigorífico comer um triângulo de Toblerone — que felizmente já acabou —, agora abro a gaveta e vou buscar uma destas barras. Claro que não as vou estar a comer a toda a hora, mas sempre dá para matar ali aquela gula de final do dia. A minha preferida é, sem dúvida, a de Erva Trigo e Café. Bem sei, o sabor da Erva Trigo não é para todos, mas é mesmo aquele de que mais gosto. 

E contrariamente a todos os meus colegas, as de que gosto menos são as de Cacau e Quinoa Crocante e a de Limão e Quinoa Crocante. Não pela textura nem pela quinoa, nada contra, é mesmo pelo sabor. Não sou particularmente fã do sabor intenso a cacau, mas talvez seja porque não sou a maior fã de chocolates. Já a de limão, sinto que é demasiado limão para o meu gosto, mas também é doce e, ao mesmo tempo, fresca.”

Ana Gordo

“Sendo o mais cliché possível, mas falando a verdade, estas barras são IncríBeis. São muito saciantes. A pessoa come uma e fica com a sensação de que só precisa de comer dali a umas horas. Ficamos mesmo satisfeitos. A minha favorita é, sem dúvida, a de Cacau e Quinoa Crocante, porque sou uma amante de chocolate, e apesar de ela não ser doce, como um chocolate normal, acaba por ter aquele sabor do cacau, e para mim, não há nada melhor do que isso. Além disso, não é nada enjoativa. Outra das minhas favoritas é a de Erva Trigo e Café, porque me faz lembrar matcha. É muito fresca e a mais leve em termos de sabor. 

A de Amendoim Salgado é a mais doce de todas, a meu ver. Para quem gosta daquele contraste entre doce e salgado é ótima. Já a de Limão e Quinoa Crocante também é leve e fresca, doce sem ser demasiado enjoativa. Mas a realidade é que todas as barras são muito saciantes. Come-se uma e ficamos bem. Além disso, tem o tamanho ideal tanto para o estômago como para a carteira, porque são super práticas para trazer para todo o lado.”

Joana Costa Pereira

As barras estão à venda no site oficial da IncríBel onde se podem comprar packs de 6 barras. Se preferir, também há o Pack “da Praxe”, com 12 barras, três de cada sabor, por 25€. Também pode encontrar as barras da IncríBel nas lojas Celeiro ou na loja online.