Vinho Vegan

Alimentação

Lidl lança o seu primeiro vinho vegan — e só custa 3,49€

A marca alemã aposta na produção nacional lançando o primeiro vinho tinto do Alentejo com certificado vegan, e promete ser diferente de todos os outros. Conheça o Indelével.

DOBEM.
leia este artigo em: 4 mins

Ao fim de semana, ao final da tarde ou à noite depois de um longo dia de trabalho. Sabe sempre bem beber um copo de vinho para poder relaxar. Mas sabia quem nem todo o vinho é vegan? Existem algumas diferenças e, a pensar nisso mesmo, o Lidl acaba de juntar mais uma novidade ao seu catálogo: o seu primeiro vinho vegan.

Chama-se Indelével e é um tinto produzido no Alentejo, sem qualquer produto de origem animal, ao contrário do que, muitas vezes, acontece nos vinhos tradicionais.

Qual é a diferença entre um vinho vegan e um tradicional?

Nos vinhos tradicionais, ao longo do processo de confeção, existem as partículas sólidas, como por exemplo casca e polpa. Para tornar o vinho claro e livre destas partículas é necessário submeter a bebida a um processo de clarificação. Este processo consiste em adicionar substâncias proteicas, entre elas gelatinas de origem animal, como por exemplo cola de peixe ou clara de ovo, para acelerar o processo. Mas é importante referir, tal como explicou Francisca Van Zeller à dobem. que esta proteína em nada afeta o vinho, pois quando este chega ao consumidor, a proteína animal já desapareceu.

No caso dos vinhos vegan, como se lê no site oficial do Lidl, “não utilizam quaisquer produtos de origem animal ou derivados. Em vez disso, recorrem a elementos alternativos de origem mineral ou vegetal, provenientes de ervilhas ou batata, substituindo assim os produtos de origem animal. Paralelamente, nos vinhos vegan recorre-se ainda à utilização de enzimas e leveduras, cujo desenvolvimento e/ou multiplicação, é certificado em ambiente controlado sem substâncias de origem animal ou derivados.”

A marca alemã tem vindo a apostar cada vez na sustentabilidade e em produtos de origem biológica, procurando sempre dar resposta às necessidades dos consumidores. Com isto em mente, nasce o Indelével Tinto, o primeiro vinho vegan da região do Alentejo. Custa 3,49€ e é um exclusivo dos supermercados da cadeia alemã.

Este vinho é feito através da combinação das castas Alicante Bouschet, Aragonez e Syrah e produzido pelo português Parras. Tem uma cor rubi, aromas de frutos vermelhos maduros e um sabor suave, quente e equilibrado.

Fotografia: Lidl

No site oficial da página, lê-se ainda que “ao atingir o estado de maturação ideal das uvas, é feita uma colheita noturna que pretende proteger o perfil aromático e minimizar oxidações. Na adega são parcialmente desengaçadas e esmagadas, originando um mosto fresco e aromático que fermenta durante cerca de 12 dias, a uma temperatura controlada entre 25ºC e os 28ºC, sem qualquer adição de produtos de origem animal”.

Este lançamento apoia também a produção nacional, já que o Lidl trabalha com cerca de 40 produtores nacionais, incluindo marcas de outros fabricantes. Desses produtores portugueses, 20 são responsáveis por produzir os vinhos de marca própria, que compõem 60% da oferta de vinhos disponível nos supermercados.

Este novo vinho vai fazer parte da coleção permanente do Lidl e pode encontrá-lo à venda nas várias lojas de norte a sul do País.