granolas

Alimentação

Analisámos as novas granolas do The Therapist à lupa. Será que são mesmo saudáveis?

Existem em oito sabores diferentes, e cada uma das receitas destas novas granolas foi pensada para ir ao encontro das necessidades de cada um. Mas será que isso faz delas uma escolha saudável?

Quantas vezes não estamos sentados a ver televisão e nos aparece um anúncio de uns cereais que são mais saudáveis? Ou aqueles momentos em que andamos a navegar pelas redes sociais e alguém nos está a tentar convencer de que este ou aquele produto são os melhores do mercado, que fazem bem a tudo e mais alguma coisa e que têm tantos benefícios que nos fazem viver até aos 100 anos?

Vivemos numa era onde tudo nos é vendido com a premissa de que nos faz bem. Mas o facto de um produto ter um rótulo verde, estar na secção de alimentação saudável do supermercado ou defender que é saudável não quer, necessariamente, dizer que é a melhor escolha. Quantas vezes já demos por nós a pegar num qualquer alimento que, à primeira vista, nos parece saudável, mas que na realidade está carregado de ingredientes que, no final do dia, nos fazem mais mal do que bem? E quantas vezes é que, durante as nossas vidas corridas e frenéticas, nos damos realmente ao trabalho de olhar para os rótulos quando o tempo para fazer compras já é tão limitado?

Foi com isto em mente que decidimos criar a nova rubrica da dobem. onde vamos olhar para vários alimentos à lupa e perceber se, realmente, são assim tão bons como prometem ser. E o que é que significa isto de olhar para os alimentos à lupa? Com a ajuda de uma nutricionista, vamos analisar toda a lista de ingredientes do alimento em questão e perceber se esta é, ou não, uma escolha dobem.

Para dar início a esta rubrica, escolhemos um produto que, à partida, acreditaríamos que teria o nosso selo de aprovação e que, além disso, é uma novidade. Falamos das novas granolas do The Therapist, criadas em junho de 2020 pela chef consultora Amábile Kolenda, que desenvolveu oito receitas, quatro doces e outras quatro opções saudáveis.

Entre a lista de ingredientes, há vários que nos chamaram à atenção logo à partida, como o facto de a maioria das bases conter aveia sem glúten no caso das granolas doces, e trigo sarraceno para as salgadas. Além disso, cada granola foi pensada para ir ao encontro das necessidades de quem a procura e, por isso, há opções para a mente, como a granola doce de canela, nozes e pepitas de cacau, ou para a imunidade, como é o caso da de laranja e amêndoas, rica em Vitamina C e antioxidantes.

Mas será que as granolas do The Therapist passam na análise e ganham o selo de avaliação da dobem.? Foi isso que fomos descobrir junto da nutricionista Débora Pita.

“Pela lista de ingredientes têm uma boa seleção, não têm grandes quantidades de açúcar, só algumas delas é que têm geleia de arroz, que acaba por ser uma açúcar adicionado”, diz a especialista na área da nutrição. “No entanto, quando olhamos para o valor nutricional, temos de pensar noutras coisas.”

As outras coisas a que Débora se refere são a quantidade de calorias presentes nestas receitas. Em qualquer uma destas granolas, por cada 100 gramas de produto pode contar com cerca de 500 calorias o que, para uma pessoa, que esteja a pensar perder algum peso, pode não ser a melhor opção.

“Acaba também por ser uma granola muito rica em gordura, que vem das sementes que lhes são adicionadas como as de chia ou girassol, mas também do óleo de coco”, explica Débora Pita.

No entanto, isto não quer dizer que uma pessoa que esteja em processo de perda de peso não as possa consumir. Entre as várias opções que existem no mercado, a nutricionista acredita que esta será sempre mais viável do que uma opção com açúcar, adoçante ou alimentos processados e cuja origem dos ingredientes pode até ser duvidosa. Contudo, deixa um alerta. “Pode consumir, sim, mas tem de ter muita atenção às quantidades.

Esta é uma regra que, na realidade, se aplica a qualquer pessoa, até mesmo a quem não está a tentar perder peso. Débora Pita garante que estas granolas, por terem tão bons ingredientes, entre eles as especiarias que podem servir de reforço ao sistema imunitário, por exemplo, podem ser incluídas na alimentação, desde que em doses controladas.

Mas o que são, exatamente, estas doses controladas? Para a nutricionista, a melhor forma de as utilizar será, por exemplo, como topping para uma smoothie bowl. Uma colher de sopa é o suficiente para tornar a receita mais interessante e poder tirar os benefícios de alguns dos ingredientes presentes nas receitas. Quer isto dizer que não é boa ideia abrir o frasco e começar a comer a granola à colherada. É difícil, acredite, nós sabemos, mas há que fazer o esforço de resistir à tentação.

Já as granolas salgadas podem ser usadas em várias receitas. Pode colocá-las em saladas, bowls quentes ou frias, ou até por cima das tostas de abacate de pequeno-almoço. Mas, nunca se esqueça, sempre numa quantidade bastante reduzida, até porque vai querer que estes frascos durante durante algum tempo.

As granolas do The Therapist estão à venda no espaço da Lx Factory, em Lisboa, ou podem ser encomendadas para casa. Os frascos de granola salgada, de 200 gramas, custam 6,90€, já as doces chegam em frascos com o dobro do tamanho e custam 12,90€. Se for à Lx Factory, tem sempre a opção de comprar a granel por 24,90€ para as granolas doces e 26,90€ para as salgadas.